..::Resumo de quadro do Rádio Emater em Ação - Emater-MG ::..
Adicionar aos favoritos Intranet 


RÁDIO EMATER EM AÇÃO


FIQUE POR DENTRO - Notícias do agronegócio

 

Data de publicação: 26/06/2014
 
Pecuaristas têm mais despesas com a atividade em 2014
   

clique
Para ouvir dê duplo clique sobre a imagem.
Para fazer o download, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e selecione a opção "salvar destino como".

VH/FIQUE POR DENTRO

Pecuaristas têm mais despesas com a atividade em 2014

Loc: Segundo o boletim de Ativos da Pecuária de Corte, elaborado pela Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil e pelo CEPEA, houve aumento médio do Custo Operacional Efetivo, que engloba os gastos do dia a dia. Com valorização do bezerro, encarecimento da suplementação mineral e o reajuste do salário mínimo, os pecuaristas tiveram mais despesas com a atividade nos primeiros meses de 2014. Ano que ainda conta com o fator Copa do Mundo como comenta o coordenador de Bovinocultura da Emater-Minas, José Alberto Ávila.
Sonora: José Alberto Ávila
Começa:"O estudo feito..."
Termina:"...e noreoste"
Tempo:1'25"

Notapé: Os pecuaristas têm buscado elevar a produtividade por meio do manejo de pastagem, otimização de técnicas de produção, ou, ainda, por meio da integração lavoura-pecuária.
Tempo:02'14"
BG

Vazio sanitário da soja começa dia 1º em MG

Loc: No dia primeiro de julho começa o vazio sanitário da soja, período em que fica proibida a presença de plantas vivas da oleaginosa. A proibição é válida até 30 de setembro e os produtores têm o papel de cumprir as normas na sua propriedade, além de denunciar a prática irregular em propriedades vizinhas. O vazio sanitário é uma medida sanitária no manejo da ferrugem asiática que vem sendo adotada em 11 estados produtores de soja, entre eles  Minas Gerais. A soja é o segundo grão mais cultivado no estado, atrás apenas do milho. O maior produtor mineiro do grão é o município de Unaí, seguido por Uberaba, Buritis, Uberlândia e Guarda-Mor. É função do produtor rural destruir todas as plantas de soja na época do vazio sanitário seja com produtos químicos ou métodos alternativos de manejo. A eliminação é necessária para que o fungo não se reproduza em plantas remanescentes.
Tempo:54"
BG

Conselho Monetário Nacional faz ajustes no Pronaf

O Conselho Monetário Nacional (CMN) apresentou novas normas de crédito para o Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar). O crédito para o Pronaf Agroecologia terá taxa efetiva de juros de um por cento ao ano, ao invés dos 2 por cento anteriores. Também ficou definido que as operações de crédito rural de custeio, realizadas por agricultores familiares de municípios do semiárido, em estado de calamidade ou emergência em função de seca ou estiagem - reconhecidas pelo Ministério da Integração Nacional – ficam sujeitas às normas gerais do Pronaf. O coordenador de Crédito Rural, Francisco Erismá, explica que para estes municípios da Sudene, os encargos serão de 6 por cento ao ano para custeio e de 4 e meio por cento para investimento. No âmbito do Pronamp, serão de 5 por cento para custeio e de 3 por cento para investimento. Ele disse ainda que foi criada uma linha de crédito regional a ser melhor detalhada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário. Nela, os limites estarão entre 18 e 40 mil reais e encargos de  um por cento ao ano.
Tempo:01'04"
BG

Nova cultivar de café resiste mais à seca

Loc: Uma nova cultivar de café desenvolvida pela Fundação Procafé, a acauã novo, está sendo testada em Minas Gerais. A cultivar, fruto de uma pesquisa de 40 anos, apresentou resultados favoráveis na safra 2014, com a manutenção da produtividade e a formação correta dos grãos, mesmo enfrentando a longa estiagem dos primeiros meses do ano. A expectativa é que a adoção da acauã novo tenha expansão significativa nos próximos anos. Os primeiros levantamentos feitos em regiões de Minas Gerais que enfrentaram severas perdas com a seca nos primeiros três meses de 2014 mostram que o impacto das altas temperaturas e da falta de água nas cultivares do acauã novo foram minimizados e a produtividade e a qualidade de formação dos grãos, preservados. O rendimento médio da cultivar chega a ser 20 por cento superior aos das demais cultivares de café. O pesquisador  André Garcia diz que o acauã tem raízes mais resistentes e espessas, que conseguem absorver mais água.
Tempo:01'01"
Tempo total:05'14"




Documento sem título
Imprimir


 

Endereço da Unidade Central: Av. Raja Gabaglia, 1626 - B. Gutierrez / Belo Horizonte - MG / CEP: 30.441-194
Telefone: (31)3349-8001 ou (31)3349-8120
Copyright© EMATER-MG. Todos os direitos reservados