..::Resumo de quadro do Rádio Emater em Ação - Emater-MG ::..
Adicionar aos favoritos Intranet 


RÁDIO EMATER EM AÇÃO


Emater em Ação - Completo

 

Data de publicação: 16/04/2014
 
EMATER EM AÇÃO - 16/04/2014
   

clique
Para ouvir dê duplo clique sobre a imagem.
Para fazer o download, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e selecione a opção "salvar destino como".

EMATER EM AÇÃO – 16/04/2014

VH/ABERTURA

Olá amigos! Eu sou Maurício Almeida e o Emater em Ação comenta sobre o aumento da violência no campo. O volume de roubos e furtos a propriedades rurais e a intensidade da violência com que são cometidos está aterrorizando os produtores. E os preços do boi gordo em Minas Gerais continuam atingindo  recordes para o período. Confira ainda as cotações do mercado agropecuário.

VH/FIQUE POR DENTRO

Minas registra recorde no preço do boi gordo
 
Loc: Os preços do boi gordo em Minas Gerais continuam atingindo  recordes para o período. De acordo com a Emater-MG, na primeira semana de abril, o preço máximo praticado foi no Triângulo, com arroba vendida a 116 reais. Um incremento de 29 por cento frente aos valores do mesmo período no ano passado. Na média do Estado, a arroba foi negociada no máximo a 110 reais e 80 centavos, alta de 24 por cento ante a primeira semana de abril de 2013. O coordenador de Bovinocultura da Emater-MG, José Alberto de Ávila Pires, diz que a fase é muito boa para a atividade:
Sonora : José Alberto
Começa: "2014 é altamente favorável a pecuária de corte ...
Termina: ... aumento de 25% em relação ao mesmo período de 2013.
Tempo:35"

Nota pé: A tendência para as próximas semanas é de estabilização dos valores ou pequena queda, uma vez que o período é considerado o pico da safra de boi gordo de pasto, o que deve elevar a oferta no mercado.
Tempo:01'34"
BG

Sindicato de Boa Esperança debate violência no campo

Loc: O volume de roubos e furtos a propriedades rurais e a intensidade da violência com que são cometidos está aterrorizando os produtores. Para combater a criminalidade, o Sindicato dos Produtores Rurais de Boa Esperança promoveu  no dia 15 uma audiência pública com a presença de representantes dos poderes executivo, legislativo e judiciário, das polícias civil, militar, ambiental e rodoviária, além de produtores rurais da região. O presidente do sindicato, Manoel Joaquim da Costa, diz que entre junho de 2013 até abril desse ano, 18 tratores foram roubados no município. Para Costa, os furtos e roubos grandes e pequenos estão aumentando, no entanto o mais grave é a violência contra os produtores. Os assaltos à mão armada estão aumentando e, para piorar, há agricultores desaparecidos. A intenção do sindicato é discutir formas de reverter essa situação e unir esforços para combater o problema.
Tempo:01'07"
BG

Inflação agropecuária sobe menos em abril

Lc: A inflação agropecuária no atacado desacelerou em abril, segundo a FGV (Fundação Getulio Vargas). Os preços dos produtos agrícolas atacadistas subiram três vírgula 84 por cento no mês. Em março, o indicador para este setor apresentou alta de mais de 4 por cento, no âmbito do IGP-10.
A instituição informou ainda que os preços dos produtos industriais no atacado também continuaram a subir em ritmo menor. A alta foi de meio por cento neste mês, contra avanço de 0 vírgula 70 por cento em março.
Tempo:39"
BG

Protesto contra importação de banana

Loc: Apreensivos com a possibilidade do governo brasileiro liberar as importações de banana do Equador, produtores da fruta de Minas Gerais fizerem um protesto, na quarta-feira, dia 16, no Parque de Exposições de Janaúba, no Norte do estado. Nos próximos 10 dias, haverá manifestações contrários à abertura das fronteiras do país à fruta equatoriana também em Joinville (Santa Catarina), no Vale do Ribeira, em São Paulo, e em Bom Jesus da Lapa, na Bahia. O setor viveu o mesmo temor em meados de 2013, quando o Ministério de Agricultura trabalhou para barrar o ingresso da banana concorrente, após as autoridades de Quito anunciarem o cumprimento de requisitos fitossanitários para exportar ao mercado brasileiro, seguindo normas da OMC (Organização Mundial do Comércio). Os produtores brasileiros não aceitam a declaração de conformidade, alegando que a fruta equatoriana é portadora de doenças e que a liberação das importações os coloca em desvantagens competitivas, devido aos custos de produção menores no Equador e de subsídios concedidos naquele país.
Tempo:1'13"
Tempo total:04'33"

VH / DE OLHO NO MERCADO

Loc: A saca de 60 quilos do milho foi negociada entre 26 e 28 reais, no Alto Paranaíba. No Triângulo Mineiro, a saca foi vendida entre 25 reais e 50 centavos e 26 reais e 50 centavos. No Sul de Minas, a cotação ficou entre 29 reais e 32 reais e no Noroeste, a saca ficou entre 26 reais e 26 reais e 50 centavos.
BG

Na última semana, a saca de 60 quilos de soja foi negociada no Noroeste entre 62 reais e 62 reais e 50 centavos e no Triangulo Mineiro ficou entre 64 reais e 50 centavos e 65 reais.
BG

O feijão carioquinha foi negociado entre 110 e 120 reais, no Noroeste. No Norte de Minas, as cotações ficaram entre 135 e 145 reais. Na região do Alto Paranaíba, o preço oscilou entre 140 e 150 reais. Na região do Triângulo Mineiro foi cotado entre 139 e 140 reais. Todas as cotações são referentes à saca de 60 quilos, com preço líquido ao produtor.
BG

A saca de 60 quilos do café arábica, tipo seis, bebida dura, variou entre 441 e 470 reais, no Sul de Minas. Na Zona da Mata, o preço do café foi cotado entre 415 e 441 reais. No Triangulo Mineiro, a variação foi de 470 a 480 reais e, no Alto Paranaíba, foi vendido entre 460 e 470 reais.
BG

A arroba do boi gordo foi cotada entre 110 e 115 reais, no Alto Paranaíba. No Triângulo Mineiro foi cotada à 114 e 114 reais e 50 centavos. No Noroeste de Minas, os negócios foram fechados entre 110 e 111 reais. Já nas regiões do Rio Doce e Mucuri, o boi gordo foi cotado entre 100 e 102 reais. No Norte de Minas, a variação esteve entre 107 e 110 reais.
BG

A cotação de preços é fornecida pelo Departamento Técnico da Emater-Minas para o período de 03 a 09 de abril de 2014.
Tempo:02'35"

VH/O TEMPO (16/04/14)

Loc: Confira a previsão do tempo em Minas Gerais para os próximos três dias, de acordo com o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia):
Na quinta-feira, céu nublado a parcialmente nublado com pancadas de chuva isolada no Noroeste, Triângulo Mineiro, Central Mineira, Metropolitana e Rio Doce. Céu parcialmente nublado com possibilidade de chuva isolada no Oeste, Sul, Zona da Mata e Campo das Vertentes. Nas demais regiões, céu claro a parcialmente nublado. A temperatura máxima é de 34 graus e a mínima de 9.
BG

Na sexta-feira, céu Nublado a parcialmente nublado com possibilidade de chuva em áreas isoladas no Noroeste, Central Mineira, Metropolitana e Rio Doce. Nas demais regiões, céu parcialmente nublado. A temperatura máxima é de 33 graus e a mínima de 8.
BG

No sábado, céu nublado a parcialmente nublado com possibilidade de chuva em áreas isoladas na Zona da Mata e Rio Doce. Nas demais regiões, céu parcialmente nublado. A temperatura máxima é de 32 graus e a mínima de 8.
Tempo:01'12"
BG

Loc: O Emater em Ação de hoje fica por aqui. Obrigado pela companhia e até o próximo programa.
Tempo total:

VH/ENCERRAMENTO

Loc.: Você ouviu o Emater em Ação. Programa produzido pela Assessoria de Comunicação da Emater-MG, Belo Horizonte, Minas Gerais.
Apoio Técnico: Maurício Almeida, Paulo de Ávila e Rafael Soal
Jornalista: Flávia Freitas
Estagiária: Henrique Menezes
Coordenação Geral: Giordanna Meirelles
Produzido pela Assessoria de Comunicação da Emater-MG. Belo Horizonte, Minas Gerais.
Tempo total do programa: 09'03"




Documento sem título
Imprimir


 

Endereço da Unidade Central: Av. Raja Gabaglia, 1626 - B. Gutierrez / Belo Horizonte - MG / CEP: 30.441-194
Telefone: (31)3349-8001 ou (31)3349-8120
Copyright© EMATER-MG. Todos os direitos reservados