..::Resumo de quadro do Rádio Emater em Ação - Emater-MG ::..
Adicionar aos favoritos Intranet 


RÁDIO EMATER EM AÇÃO


Emater em Ação - Completo

 

Data de publicação: 12/11/2013
 
VH/FIQUE POR DENTRO
   

clique
Para ouvir dê duplo clique sobre a imagem.
Para fazer o download, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e selecione a opção "salvar destino como".

EMATER EM AÇÃO – 12/11/2013

VH/ABERTURA

Olá produtoras, produtores e amigos do campo! O inicio das chuvas e a recuperação das pastagens no Estado estão fazendo o preço dos animais de reposição subirem e a tendência é de demanda firme em novembro. E no bate-papo, o coordenador de Culturas da Emater Minas, Wilson Rosa, fala sobre o ataque da mosca branca às lavouras de feijão em Minas Gerais. Esse ano, a praga dizimou plantações e reduziu a oferta do produto no país. Eu sou Flávia Freitas e o Emater em Ação começa agora.

VH/FIQUE POR DENTRO

Animal de reposição tem alta demanda

Loc:  O inicio do período chuvoso no estado e a recuperação das pastagens estão fazendo o preço do bovino de reposição subir e a tendência para novembro é que a demanda continue firme. Já os preços pagos pelo boi gordo estão valorizando e a oferta de animais de reposição é menor que a demanda. O coordenador estadual de Bovinocultura da Emater-MG, José Alberto de Ávila, acredita na valorização dos animais para reposição:
Sonora: (sonoras/ Zé Alberto – Editado) José Alberto de Ávila
Começa: “Essa categoria ...”
Termina: “...alta demanda.”
Tempo:01'07" 

Nota pé: Segundo levantamento da Scot Consultoria, no acumulado do mês, a alta mais significativa é do bezerro desmamado, que subiu quase 7 por cento. Em seguida, vem o preço dos bezerros de ano com aumento de 5 e meio por cento. Já o boi magro e o garrote subiram um por cento.
Tempo:02'08"
BG

Falta mão de obra qualificada para o agronegócio no país

Loc: O agronegócio brasileiro se tornou um dos mais produtivos do mundo, mas a formação de profissionais não acompanhou a evolução, afirmaram especialistas que participaram de um Congresso Agribusiness, no dia 7, em São Paulo. Para o presidente da Embrapa, Maurício Lopes, a solução passa por um ajuste nos cursos universitários, pois a agricultura do futuro será mais integrada, além de exigir mais cuidado com o meio ambiente. Já o presidente da SNA (Sociedade Nacional de Agricultura), Antonio Alvarenga, disse que é preciso também convencer os jovens de que o campo pode ser promissor. Segundo ele, o setor rural tem mercado, bons salários e grandes oportunidades, e que não é preciso ficar apenas nos centros urbanos para ser um profissional de sucesso. Alvarenga destacou ainda a necessidade de profissionais de gestão como economistas agrícolas, pois hoje o produtor precisa acompanhar o mercado de commodities, a cotação do dólar, os mercados internacionais e gerir bem a produção.
Tempo:01'09"
BG

Exportações sustentam preços do milho no mercado interno

Loc: Os preços do milho voltaram a registrar pequenas elevações em praticamente todas as regiões acompanhadas pelo Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada).  Apesar das quedas das cotações externas, diante da expectativa de maior safra nos Estados Unidos, o forte ritmo das exportações brasileiras e a valorização do dólar deram novo ânimo a vendedores. No entanto, agentes devem ficar atentos aos preços do milho exportado, que ainda estão baixos em relação aos anos anteriores. Entre 4 e 11 de novembro, o Indicador Esalq/BM&FBovespa, referente à região de Campinas, subiu 0 vírgula 76 por cento, fechando a 24 reais e 97 centavos a saca de 60 quilos na segunda, dia 11.
Tempo:54"
BG

Encontro reúne agricultores familiares de 23 municípios

Loc: O primeiro Encontro Regional da Agricultura Familiar para a Comercialização reuniu produtores de 23 cidades, na terça-feira, dia 12 de novembro, em Inhapim, no Leste de Minas. O evento organizado pela Emater-MG, vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura, teve a presença de cerca de 500 agricultores familiares da   região de Ipatinga. De acordo com a extensionista de Bem-Estar Social da Emater-MG em Inhapim, Cibele Morais de Castro, a grande dificuldade dos agricultores, inclusive na venda para o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) e PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), é falta de organização coletiva. Para sensibilizar e incentivar os agricultores a se organizarem na venda para os programas do governo e para o mercado convencional, o encontro abordou critérios de comercialização em feiras livres e em redes de supermercados. Houve também uma rodada de negócios com a Cooperhorta e uma rede de supermercados.
Tempo:01'02"
Tempo total:05'11"

VH/O TEMPO (12/11/13)

Loc: Confira a previsão do tempo em Minas Gerais para as próximas 72 horas, de acordo com o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia):
Na quarta feira, céu nublado com pancadas de chuva e trovoadas no Noroeste, Triângulo, Alto Paranaíba, Sul, Sudoeste, Oeste, Zona da Mata e região Metropolitana de Belo Horizonte. Nas demais regiões, céu parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva e trovoadas. A temperatura máxima é de 36 graus e a mínima de 15.
BG
Na quinta feira, céu nublado a encoberto com chuva no Sul, Sudoeste, Zona da Mata, Oeste; vales do Rio Doce, do Mucuri, Jequitinhonha, e região Metropolitana de Belo Horizonte. Nas demais regiões, céu nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas. A temperatura máxima é de 34 graus, e a mínima de 14 graus.
BG
Na sexta feira, céu nublado com chuviscos no Sul, Sudoeste, Zona da Mata, Vales do Rio Doce, do Mucuri e Jequitinhonha e região Metropolitana de Belo Horizonte. Nas demais regiões, céu parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva. A temperatura máxima é de 35 graus e a mínima de 13.
Tempo:01'26"

VH/BATE PAPO

Mosca branca continua ameaçar lavouras de feijão

Loc: O alto preço do feijão, que assustou o bolso dos consumidores este ano, foi consequência do ataque da mosca branca. O inseto dizimou plantações e reduziu a oferta. Pesquisadores alertam que há pouco investimento em estudos sobre a praga no país. As culturas que mais sofrem prejuízos são o feijão, a batata, o tomate e o melão. O inseto ataca de duas formas conhecidas: em algumas culturas, suga a seiva, injeta toxinas e reduz a produção, e em outras, transmite um vírus que inviabiliza novos plantios na mesma área, caso não tenha sido realizado o vazio sanitário. Henrique Menezes conversou com o coordenador de Cultura da Emater Minas, Wilson Rosa sobre com anda o problema no estado.
Sonora: Wilson Rosa
Começa: - “ A mosca branca é uma praga...”
Termina:- “...determinadas pragas”
Tempo:01'35"

Nota pé – Ao contrario de outros países, o Brasil tem estudado pouco sobre a mosca branca. Por conta disso, no inicio do mês foi realizado um seminário em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, para discutir o combate ao inseto,  que  é considerada uma das principais ameaças a agricultura brasileira, pois está presente em regiões de clima tropical e subtropical.
Tempo total:2'46"
BG

O Emater em Ação de hoje fica por aqui. Obrigada pela audiência e amanhã estamos de volta com as cotações do mercado agropecuário e as notícias do dia. Até lá.

VH/ENCERRAMENTO

Loc.: Você ouviu o Emater em Ação. Um programa produzido pela Assessoria de Comunicação da Emater-MG, Belo Horizonte, Minas Gerais.
Apoio Técnico: Maurício Almeida e Paulo de Ávila
Jornalista: Flávia Freitas
Estagiário: Henrique Menezes
Coordenação Geral: Giordanna Meirelles
Tempo total do programa:10'50"




Documento sem título
Imprimir


 

Endereço da Unidade Central: Av. Raja Gabaglia, 1626 - B. Gutierrez / Belo Horizonte - MG / CEP: 30.441-194
Telefone: (31)3349-8001 ou (31)3349-8120
Copyright© EMATER-MG. Todos os direitos reservados