Com investimentos de R$ 5,2 milhões, a ação irá beneficiar cerca de mil agricultores familiares da região do semiárido mineiro

 

 

BELO HORIZONTE (16/11/2017) - O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda) e da Empresa Mineira de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-MG), vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura Pecuária e Abastecimento (Seapa), concluiu, nesta quinta-feira (16/11), em Teófilo Otoni, no Território Mucuri, mais uma etapa do curso de capacitação para a execução do Programa de Aquisição de Alimentos, modalidade Termo de Adesão Estadual.

O objetivo é treinar técnicos da Emater-MG e coordenadores municipais a operar o sistema do PAA. O programa funciona da seguinte forma: agricultores familiares previamente selecionados entregam produtos a prefeituras que repassam a escolas, restaurantes populares, cozinhas comunitárias, asilos, creches, entre outras entidades assistenciais.

Após a comprovação da entrega com a nota fiscal inserida no sistema online, o recurso sai do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, responsável pelo pagamento, diretamente para conta do agricultor que receberá um cartão do programa para sacar o recurso.

Com investimentos de R$ 5,2 milhões, a ação irá beneficiar cerca de mil agricultores familiares de 39 municípios do semiárido mineiro.

Segundo a diretora de Apoio à Comercialização da Seda, Mariana Moret, a expectativa é que, a partir de dezembro, os agricultores familiares iniciem a entrega dos produtos. Pela norma, cada agricultor pode receber até R$ 6.500 pela venda de produtos de origem vegetal e in natura (hortaliças, frutas e legumes).

“Assim que concluímos cada ciclo de capacitação, o município e a Emater-MG iniciam o processo de aquisição de alimentos da agricultura familiar”, explica.

Quatro regiões foram escolhidas para sediar esta etapa das capacitações. Almenara foi a primeira a receber a oficina. Além de Teófilo Otoni, estão previstos treinamentos em Araçuaí, na próxima terça-feira (21/11), e em Brasília de Minas, na próxima quinta-feira (23/11).

“Além de promover o acesso à alimentação adequada às populações em situação de insegurança alimentar e nutricional, o PAA garante a inclusão econômica e social dos agricultores familiares, por meio do fomento à produção sustentável e da comercialização, fortalecendo o segmento”, afirmou Raul Machado, responsável pelo programa na Emater-MG.

Municípios selecionados

Almenara, Angelândia, Araçuaí, Berilo, Berizal, Bocaiúva, Campo Azul, Catuji, Datas, Diamantina, Engenheiro Navarro, Felisburgo, Itaipé, Itambacuri, Itaobim, Itinga, Japonvar, Jequitinhonha, Joaíma, Jordânia, Ladainha, Leme do Prado, Machacalis, Manga, Novo Cruzeiro, Ouro Verde de Minas, Pai Pedro, Patis, Rio Vermelho, Antônio do Jacinto, São João da Ponte, São Francisco, Serranópolis de Minas, Serro, Teófilo Otoni, Turmalina, Vargem Grande do Rio Pardo.

Fonte: Agência Minas

Publicado em: 16/11/2017