Ação é resultado de parceria com a Embrapa


BELO HORIZONTE (27/10/2017) - Agricultores do Território da Serra Geral, no Norte de Minas, incluídos no Programa Brasil Sem Miséria, terão à disposição, em breve, novos equipamentos agrícolas. A ação é resultado de uma parceria entre a Emater-MG e a Embrapa, firmada em março deste ano, e será um auxílio para que as famílias melhorem a sua eficiência na produção.

Os equipamentos foram entregues à Emater-MG, nessa quinta-feira (26), durante o Encontro de Parceiros do Território Serra Geral no Plano Brasil Sem Miséria que reuniu técnicos, agricultores e lideranças, no auditório da Unimontes, em Janaúba.  Durante a abertura do evento, o presidente da empresa, Glenio Martins, assinou um termo de cessão desses equipamentos para prefeituras de 15 municípios que ficarão responsáveis pelo repasse aos agricultores. Serão beneficiadas as prefeituras de Catuti, Espinosa, Gameleiras, Jaíba, Janaúba, Mamonas, Matias Cardoso, Mato Verde, Monte Azul, Nova Porteirinha, Pai Pedro, Riacho dos Machados, Santo Antônio do Retiro, Serranópolis de Minas e Verdelândia.

Dentre os equipamentos doados estão 15 desintegradores; cinco conjuntos de motobomba e cinco trituradores agrícolas, no valor total de R$ 84,4 mil. O objetivo é que eles sejam usados nas 32 unidades de aprendizagem já implantadas e que recebem assistência técnica e extensão rural continuada da Emater-MG, conforme convênio firmado em novembro de 2015, entre o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome e o Ministério de Desenvolvimento Agrário, atual Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, além das empresas.

Fazem parte da região do Território da Cidadania da Serra Geral, denominação do Governo Federal para uma área do Norte mineiro, 17 municípios. “Nesse encontro estamos tendo a oportunidade de socializar os resultados das unidades de aprendizagem, avaliando os avanços sócio-econômicos das famílias e estabelecendo compromissos de colaboração mútua para a continuidade das ações do Programa Brasil Sem Miséria. Vários projetos desenvolvidos no território por agricultores assistidos pela Emater-MG têm se destacado como o Sisteminha, por exemplo. A chegada desses equipamentos até essas famílias vai ajudá-las a agregar maior valor aos seus produtos, possibilitando maior geração de renda e qualidade de vida", explica o gerente  regional da Emater-MG em Janaúba, Alberto Magno Fonseca.

A regional é responsável pelo acompanhamento das unidades de aprendizagem de cultivo de sorgo, palma forrageira, mandioca, galinha caipira e olericultura, visando atender demandas técnicas e sociais da convivência com o Semiárido, no Território da Cidadania Serra Geral, em apoio ao Plano Brasil Sem Miséria.

Segurança Alimentar

A Emater-MG atua na inclusão de famílias no Programa Brasil Sem Miséria desde 2012. São inseridas no programa famílias rurais em situação de vulnerabilidade social, com renda per capita mensal de até R$ 85 e que recebem até R$ 2,4 mil  para a implantação de projetos que visem a segurança alimentar e nutricional.

Até hoje, cerca de 12 mil famílias de agricultores já foram beneficiadas. Além do aporte financeiro do programa, elas recebem também assistência técnica da Emater-MG.

Assessoria de Comunicação - Emater-MG
Jornalista responsável: Lílian Pacheco
Tel: (31) 3349-8272
www.emater.mg.gov.br
facebook.com/ematerminas

Publicado em: 27/10/2017