Programa +Gastronomia promove estandes e encontros de negócios na capital paulista

 

 

  
BELO HORIZONTE (14/07/2017) - Produtores mineiros estarão presentes na edição paulistana de um dos principais festivais gastronômicos do País, o Festival Fartura – Comidas do Brasil. Realizado nos dias 15 e 16 de julho, no Jockey Club de São Paulo, o evento reúne elementos da gastronomia de todas as regiões brasileiras. A gastronomia mineira vai marcar presença com dois estandes: o Mineiraria, uma parceria entre a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado Minas Gerais (Emater-MG) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MG); e o Origem Minas, do Sebrae-MG. Ao todo, 13 empreendedores mineiros vão exibir e comercializar doces, quitandas, queijos, café, cachaça, molhos, sorvetes e laticínios.

 

“A itinerância, parte fundamental do conceito da Mineiraria, possibilita levar nossas ações para fora do Estado, como será o caso no Festival Fartura São Paulo, e assim colocar a gastronomia mineira cada vez mais em evidência”, explica o diretor-presidente da Codemig, Marco Antônio Castello Branco.


Os empreendedores ainda participarão de encontros de negócio promovidos pelo Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (INDI), com supermercadistas e proprietários de bares, restaurantes e empórios gourmets. “Nos encontros, vamos capitalizar a visibilidade e o impulso dados pelo Festival Fartura para construir parcerias duradouras e proporcionar aos produtos mineiros uma maior inserção no mercado paulistano e nacional”, afirma Breno Sardenberg, analista do INDI e coordenador dos encontros. Na edição 2016, o Fartura São Paulo recebeu mais de 8 mil pessoas.


Produtos de Minas


A Emater-MG mobilizou produtores atendidos pela empresa para participarem do Festival Fartura em São Paulo. Os produtos que estarão no estande Mineiraria, numa parceria da Emater com a Codemig e o Sebrae são:


Café Honey & Coffee - Café Especial
A produção de café cru na Fazenda Fortaleza, na cidade de São Gonçalo do Sapucaí, é feita desde 1993. Em 2010, alcançou o reconhecimento de café especial, por atingir os padrões de qualidade exigidos pelo mercado externo. A partir deste ano, tem início a produção e comercialização do café torrado e moído. O processo de seleção e torra é feita por um Q Grader e mestre de torra, permitindo ao Café Honey & Coffe atingir 85 pontos na Metodologia de Avaliação Sensorial (SCAA), a partir da qual os cafés são qualificados como especiais.


Mineiro da Serra - Café Especial
No Sítio Grota Fria, a produção de café cru data do final dos anos 1980. Em 2006, teve início a produção e comercialização do café torrado e moído. Desde então, o produtor Ademilson tem investido na melhoria da qualidade de seu produto, contrariando a visão dos produtores mais antigos que atribuem mais importância à quantidade produzida. Tendo seu processo de seleção e torra comandado por um Q Grader e mestre de torra, o Café Mineiro da Serra alcança 85 pontos na Metodologia de Avaliação Sensorial (SCAA), a partir da qual os cafés são qualificados como especiais.


Bikinho - Geleia de Pimenta
A Associação dos Hortifrutigranjeiros de Bento Rodrigues (AHOBERO) produz a geleia de pimenta biquinho em Bento Rodrigues desde 2006, tendo como principal objetivo a geração de renda e emprego para os moradores do distrito. Com o desastre desencadeado pelo rompimento da Barragem de Fundão, a produção foi paralisada. Em 2016, os equipamentos foram recuperados e as atividades foram retomadas em Mariana com o apoio da Brazil Foundation. A geleia de pimenta biquinho tornou-se um símbolo de Bento Rodrigues e tem ótima aceitação no mercado, sendo consumida como acompanhamento para carnes, queijos, torradas e até sorvetes.


Queijo Minerim - Queijo Minas Artesanal
Há 15 anos, na Fazenda Só-Nata, uma propriedade de 25 hectares situada na microrregião de Araxá, é produzido um dos queijos artesanais tipo Minas mais tradicionais de nosso estado, de sabor e qualidade ímpares: o Queijo Minerim. Fabricado de acordo com os preceitos da sabedoria familiar e regional mineira, com respeito a todas as exigências legais e de Boas Práticas de Fabricação.


Produtos Baêta - Quitanda (bolos, pães, roscas, broas e biscoitos)
Em 2015, a produtora Rose Mary Baêta reuniu as receitas familiares ensinadas por sua avó – a Vó Rosa – para criar os Produtos Baêta. Agregando novos sabores e segredos às receitas, Rose mantém uma produção completamente artesanal, oferecendo a seus clientes aqueles deliciosos bolinhos, broas, roscas e biscoitinhos caseiros.

 

 


Mineiraria e Programa +Gastronomia


Lançado em maio deste ano pelo governador Fernando Pimentel, o Programa +Gastronomia envolve diversas instâncias da administração estadual para, em conjunto com a sociedade civil e a iniciativa privada, fomentar e valorizar a cadeia produtiva da gastronomia, reconhecendo-a como setor estratégico para o desenvolvimento sustentável do Estado de Minas Gerais.


A política tem por objetivo orientar as ações de governo voltadas ao fortalecimento da gastronomia mineira e de toda a sua cadeia produtiva: segmentos da produção de insumos, de abastecimento e armazenamento, de comércio, de indústria e de serviços. Além da geração de emprego e renda, o +Gastronomia se pauta pela preservação das tradições gastronômicas, pelo reforço da identidade local e do senso de comunidade e pela busca da sustentabilidade socioeconômica e ambiental.


Nesse contexto, a Mineiraria será uma vitrine do setor. Serão desenvolvidas atividades de promoção, divulgação e capacitação em torno da variedade gastronômica das diversas regiões de Minas Gerais, além de eventos, oficinas, cursos, exposições e demonstrações. O objetivo é que a gastronomia mineira ganhe cada vez mais força e se consolide como um ativo reconhecido nacional e internacionalmente, tendo suas atividades, programas e ações realizados de forma colaborativa e participativa entre os diversos atores do setor.


Fartura – Comidas do Brasil


O Fartura – Comidas do Brasil, um dos principais projetos de gastronomia do País, tem raízes mineiras: a partir do Festival Gastronômico de Tiradentes, que em 2017 completa 20 anos, a iniciativa se transformou em uma grande plataforma de valorização da gastronomia nacional. A base do projeto é o conteúdo garimpado durante a Expedição Fartura, viagem que mapeia diversas cadeias produtivas.


A equipe do Fartura está na estrada desde 2012, conhecendo as receitas, histórias e cozinhas mais acolhedoras do Brasil. Ao longo desse tempo, a plataforma percorreu todos os estados brasileiros, passando por 208 municípios e rodando mais de 71 mil quilômetros. Posteriormente, todo o material produzido é divulgado em livros, documentários e programas de rádio, além dos eventos realizados ao longo ano. Conheça mais no Portal Fartura: farturabrasil.folha.uol.com.br.

 

 

 
Assessoria de Comunicação – Emater-MG
Tel.:(31) 3349-8096
www.emater.mg.gov.br
facebook.com.br/ematerminas
Com informações da Codemig

 


Além dos pratos, petiscos e doces comercializados em estandes e food trucks, a programação conta com aulas, demonstrações, cozinha interativa, e também um espaço de produtos e produtores. Serão mais de 80 atrações gastronômicas, chefs e produtores de todos os estados brasileiros e mais de 25 atrações musicais e culturais. 

Publicado em: 14/07/2017