Gestor da Agenda: Georgeton Soares R. Silveira

Foco da Agenda:

Ampliação da oferta de Culturas, frutas, hortaliças e pequenos animais e redução de perdas com uso de tecnologias sustentáveis de produção e gestão.

 


CULTURAS

A Emater-MG, trabalha nas principais cadeias de grãos, mandioca e cana de açúcar em Minas Gerais, com ações voltadas para a melhoria das práticas agronômicas e foco na proteção do ambiente, do produtor e da sua família, na perspectiva da inclusão produtiva e geração de ocupação e renda. Neste sentido, os trabalhos são direcionados na busca de novas tecnologias de produção que promovam a harmonia do tripé ambiental, social e econômico, com o controle financeiro da produção e da propriedade, promovendo a manutenção dos agricultores familiares com qualidade de vida no campo.

Desafios e Proposições:

  • Integrar ações com órgãos de pesquisa visando o desenvolvimento de tecnologias sustentáveis.
  • Estimular ações voltadas para a organização dos produtores.
  • Aprimorar processos produtivos e reduzir o uso de agrotóxicos.
  • Estimular práticas mitigadoras de possíveis danos ambientais e práticas benéficas à consecução e ampliação dos recursos hídricos.
  • Desenvolver ações que promovem a sucessão rural, mantendo o jovem no campo.
  • Realizar ações de divulgação e experimentação de tecnologias nas áreas de integração lavoura-pecuária (ILP), plantio direto , cultivo de milho, feijão, sorgo e mandioca.
  • Acordo de cooperação com o Centro Brasileiro de Referência da Cachaça para ações de capacitação de produtores de cachaça artesanal.
  • Realizar Palestras técnicas em todas regiões do Estado para estimular a organização rural.

Parcerias:

  • Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento -SEAPA
  • Embrapa Milho e Sorgo
  • Conselho Brasileiro de Referência da Cachaça - CBRC
  • Universidade Federal de Lavras – UFLA
  • Prefeitura Municipais e Câmaras dos Vereadores
  • CEASAMINAS
  • Cooperativas e Associações Rurais

Contato: Sérgio Brás Regina – sergio.regina@emater.mg.gov.br

 


FRUTICULTURA

A Emater-MG, trabalha em prol do desenvolvimento sustentável da Fruticultura em Minas Gerais, com ações voltadas para a melhoria das práticas agronômicas e foco na proteção do ambiente, do produtor e da sua família, na perspectiva da inclusão produtiva e geração de ocupação e renda. Neste sentido, os trabalhos são direcionados na busca de novas tecnologias de produção que promovam a harmonia do tripé ambiental, social e econômico, com o controle financeiro da produção e da propriedade, promovendo a manutenção dos agricultores familiares com qualidade de vida no campo.

Desafios e Proposições:

  • Integrar com os órgãos de pesquisa visando o desenvolvimento e intercâmbio de tecnologias sustentáveis.
  • Desenvolver ações voltadas para a organização dos produtores e modernização de sistemas de produção de frutas.
  • Aprimorar os processos produtivos, reduzindo o uso de agrotóxicos.
  • Intensificar ações de manejo e regulamentação do uso da água destinada à produção de frutas (tecnologias de irrigação).
  • Estimular a participação dos jovens, a partir de 15 anos, nos processos de gestão e produção.

 

Circuito Frutificaminas

A Emater-MG realiza palestras técnicas que acontecem no período diurno com duração entre 6 a 8 horas, em regiões estrategicamente escolhidas, voltadas a motivar, estimular e a disponibilizar informações técnicas e conjunturais aos produtores rurais mineiros no segmento da fruticultura, cujo conjunto de eventos se denomina Circuito FRUTIFICAMINAS. Reunir nas regiões pólo em produção de frutas mineiras alguns dos mais renomados pesquisadores, especialistas, técnicos e extensionistas agropecuários do país na área de fruticultura, com a finalidade de integrar e atualizar os produtores, estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores, professores e profissionais da área.

 

Parcerias:

  • Secretaria de Estado de Agricultura Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais - SEAPA
  • Empresa de Pesquisa de Minas Gerias - EPAMIG
  • Instituto Mineiro de Agropecuária – IMA
  • CEASAMINAS
  • Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento – MAPA
  • Empresa de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA
  • IFET – MG
  • Empresas privadas do setor agropecuário
  • Prefeituras Municipais e Câmaras de Vereadores
  • Universidade Federal de Lavras – UFLA
  • Universidade Federal de Viçosa – UFV
  • Associação de Produtores Rurais

 

Contato: Deny Sanábio – sanabio@emater.mg.gov.br

 


OLERICULTURA

A Emater-MG, trabalha em prol do desenvolvimento sustentável da olericultura em Minas Gerais, com ações voltadas para a melhoria das práticas agronômicas e foco na proteção do ambiente, do produtor e da sua família, na perspectiva da inclusão produtiva e geração de ocupação e renda. Neste sentido, os trabalhos são direcionados na busca de novas tecnologias de produção que promovam a harmonia do tripé ambiental, social e econômico, com o controle financeiro da produção e da propriedade, promovendo a manutenção dos agricultores familiares com qualidade de vida no campo.

Desafios e Proposições:

  • Integrar com os órgãos de pesquisa visando o desenvolvimento e intercâmbio de tecnologias sustentáveis.
  • Desenvolver ações voltadas para a organização dos produtores e modernização de sistemas de produção de hortaliças nos cinturões verdes que abastecem os grandes centros.
  • Aprimorar os processos produtivos, reduzindo o uso de agrotóxicos.
  • Intensificar ações de manejo e regulamentação do uso da água destinada à produção de olerícolas (tecnologias de irrigação).
  • Estimular a participação dos jovens, a partir de 15 anos, nos processos de gestão e produção.


Resgate de Hortaliças Não Convencionais

As hortaliças não convencionais são plantas que tiveram um papel fundamental na constituição cultural e alimentar da população brasileira, e que, devido a maior competitividade comercial de outras hortaliças, houve por parte dos agricultores, a substituição do cultivo desses vegetais.

O trabalho de resgate de hortaliças não convencionais foi criado com a finalidade de restabelecer, junto aos agricultores e a população, a importância cultural e nutricional dessas plantas.

O trabalho se desenvolve por meio da implantação de bancos comunitários de multiplicação e conservação de hortaliças não convencionais e da formação e capacitação de multiplicadores para plantio e utilização dessas hortaliças, na busca da melhoria da alimentação da população.

 

Parcerias:

  • Empresa de Pesquisa de Minas Gerias - EPAMIG
  • Empresa de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA/HORTALIÇAS
  • Empresa de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA/CERRADOS
  • Empresa de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA/MILHO E SORGO
  • Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento - SEAPA
  • CEASAMINAS
  • IFET - MG
  • Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento – MAPA
  • Universidade Federal de Lavras - UFLA
  • Universidade Federal de Viçosa - UFV
  • Prefeituras Municipais
  • Associação de Produtores Rurais

 

Contato: Georgeton S. R. Silveira – georgeton@emater.mg.gov.br

 


PEQUENOS ANIMAIS

A Emater-MG trabalha, a criação de pequenos animais (abelhas, suínos, caprinos, ovinos, e aves), baseado na sustentabilidade, inclusão produtiva, segurança alimentar, erradicação da pobreza, inovações tecnológicas, manejo adequado e gestão da produção.

Desafios e Proposições:

  • Ampliar o potencial produtivo das regiões mineiras com a adoção da atividade de criação de pequenos animais, diversificando dessa forma a produção, favorecendo a geração de ocupação e renda.
  • Propor e executar políticas públicas que promovam a geração de pesquisas e tragam também aporte financeiro, e assim sejam criadas linhas de trabalho a serem executadas no campo;
  • Promover ações que possibilitem o fortalecimento dos agricultores familiares através da produção e comercialização coletiva, melhorando dessa forma a oferta de alimento, aumento de renda e qualidade de vida.

 

Produção de Mel para o PNAE na região do Norte de Minas

O Mel é um alimento importante como fonte de energia, proteínas, sais minerais e vitaminas essenciais à saúde humana.
O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), possibilita o acesso de crianças e adolescentes, a uma alimentação de melhor qualidade, bem como viabiliza a inserção de apicultores no mercado, com a compra institucional.
Um exemplo bem-sucedido desta prática é a organização de produtores de mel da região Norte de Minas, com a venda de mel em sachê para merenda escolar.

Parcerias:

  • Secretaria do Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento – SEAPA
  • Universidade Federal de Lavras – UFLA
  • Universidade Federal de Viçosa – UFV
  • Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
  • Empresas Privadas do setor de Agropecuária
  • Instituto Mineiro de Agropecuária – IMA
  • Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba - CODEVASF
  • Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais – EPAMIG
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA

Contato: Márcia Portugal Santana dos Santos – marcia.portugal@emater.mg.gov.br

 


PISCULTURA E PESCA

A Emater-MG realiza ações continuadas de extensão rural e assistência técnica aos pescadores e piscicultores, com ênfase no fomento e na organização da cadeia produtiva, no manejo sustentável da atividade econômica, nos campos da produção, processamento e comercialização, incluindo a regularização da atividade, o acesso ao crédito e às demais políticas públicas e parcerias privadas que garantam o crescimento e o desenvolvimento do setor em nosso Estado.

Desafios e Proposições:

  • Qualificação dos extensionistas em processos de produção com foco em todas as fases da cadeia do pescado;
  • Fomentar e regularizar a piscicultura nos procedimentos ambientais, sanitários, organizativos e fiscais;
  • Realizar articulações institucionais no intuito de garantir melhoramento da produtividade e tecnologias sustentáveis que possam agregar maior valor ao produto;
  • Incentivar a comercialização e o consumo;
  • Alavancar a produção e consolidar os pólos da truticultura, de peixes ornamentais, da tilápia e de outras espécies;
  • Garantir acesso ao crédito e ATER aos pescadores e piscicultores do Estado;
  • Consolidação do pescado como fonte de trabalho, renda e de inserção social.
  • Organização de seminários regionais, cursos, palestras, etc.
  • Elaboração de projetos técnicos

Parcerias:

  • Empresa de Pesquisa de Minas Gerias - EPAMIG
  • Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento - SEAPA
  • CEASAMINAS
  • Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG
  • SENAR
  • Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba - CODEVASF
  • Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário - SEDA
  • Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento – MAPA
  • Universidade Federal de Lavras - UFLA
  • Universidade Federal de Viçosa - UFV
  • Prefeituras Municipais
  • Empresas privadas
  • Entidades representativas do setor e Associação de Produtores Rurais

 

Contato: Vanessa de Oliveira Gaudereto – vanessa.gaudereto@emater.mg.gov.br